Notícias

22|julho|2014
Governo socorrerá distribuidoras com aditivo de até R$3 bi a empréstimo

energia

Lobão afirmou que o valor está sendo calculado pela Fazenda com suporte técnico do MME

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, afirmou nesta quinta-feira (17/07) que o novo socorro às distribuidoras deverá acontecer por meio de um aditivo ao empréstimo de R$11,2 bilhões, captado em abril junto a dez instituições financeiras. O valor, afirmou o ministro, ainda não foi definido, mas não deverá exceder R$3 bilhões.

Segundo Lobão, o montante está sendo calculado pelo Ministério da Fazenda, com assessoria técnica do Ministério de Minas e Energia (MME), mas que ainda não há prazo para que o aditivo seja acertado. Ele afirmou ainda que esta é a única medida em estudo para bancar o aumento dos custos extras das distribuidoras com compra de energia elétrica no mercado spot.

No final de abril, foi assinado o contrato para empréstimo dos R$11,2 bilhões com os seguintes bancos: Banco do Brasil, Caixa, Bradesco, Itaú Unibanco, Santander Brasil, Citibank, BTG Pactual, Bank of America Merrill Lynch, JPMorgan e Credit Suisse. A operacionalização do financiamento é feito pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica.

As distribuidoras de energia deverão arcar com R$1,31 bilhão junto a CCEE, referente à liquidação do mês de maio. O valor já deveria ter sido pago nesta semana, mas o prazo foi adiado para 31 de julho pela Agência Nacional de Energia Elétrica, devido à ausência de caixa das empresas.

Fonte: http://www.jornaldaenergia.com.br/

Contato

ADMINISTRATIVO

Rua Angelo La Porta, 850, Centro

Florianópolis - SC - Brasil

CEP 88020-600

Tel/Fax: +55 (48) 3028 0809 / 3027-1651


COMERCIAL / ENGENHARIA / LOGÍSTICA

Rua Bahia, 8446, Passo Manso

Blumenau - SC - Brasil

CEP 89.032-525

Tel: +55 (47) 3232 8991

Fale Conosco

Nossos Clientes

  • coelbalogofinal
  • chesf-logo
  • celpe
  • copel-logo
  • cocel
  • celesc